Alimentos Enlatados

      Os pedidos de indenização por danos em produtos enlatados custam milhões de dólares por ano às transportadoras. Há duas causas principais para os danos em alimentos enlatados durante a distribuição - mecânico e térmico. O manuseio inadequado causa danos mecânicos, latas e vidros amassados ou quebrados, sendo responsável pela maior parte dos pedidos de indenização. Um pequeno percentual dos pedidos de indenização resulta de condições de temperatura inadequadas, que causam enferrujamento das latas ou congelamento de seu conteúdo.
      O dano é causado aos alimentos congelados de várias formas, como:
            Caixas mal fechadas;
            Manuseio descuidado das latas durante o processamento e   armazenamento;
            Empilhamento inadequado em paletes;

            Manuseio descuidado com empilhadeiras mecânicas;
            Carregamento solto ou frouxo no veículo;
            Colocação inadequada de suportes, embalamento e cintas;
            Não fixar o restante da carga após descarregamento parcial.

      As caixas mal fechadas podem fazer com que as latas ou vidros caiam durante o manuseio. Verifique as caixas de alimentos enlatados periodicamente durante o carregamento para ver se há avarias. Não aceite uma carga muito avariada.
      Atualmente, a maioria dos alimentos enlatados são dispostos de forma unitária para o armazenamento e transporte. Uma grande parte das cargas unitárias de produtos enlatados são embalados com filme plástico hermético antes do embarque. Isto garante a integridade das cargas nos paletes e reduz os pedidos de indenização por danos.
      O carregamento compacto é importante, seja no embarque unitário ou carregado manualmente. Qualquer folga que permita que as caixas se desloquem ou caiam pode resultar em produtos danificados. Carregue as caixas ou unidades de palete bem próximas umas das outras e fixe a extremidade da última pilha. Uma boa frase para os transportadores de produtos enlatados é "A única carga certa é uma carga compacta."

      O tipo mais freqüente de dano por temperatura causado em alimentos enlatados é o enferrujamento das latas. O enferrujamento é causado pela condensação sobre as latas retiradas de um ambiente de baixa temperatura e colocadas em um ambiente com temperatura mais elevada. A condensação causa manchas de ferrugem nas latas e enrrugam os rótulos e podem tornar o produto não comercializável. Além disso, após um período de armazenamento, as manchas de ferrugem podem causar pequenas perfurações nas latas com vazamentos, fazendo com que o produto estrague. Para impedir a condensação causadora do enferrujamento, não descarregue alimentos enlatados que estavam previamente sujeitos a temperaturas baixas em áreas de depósito quentes até que tenham tido tempo de aquecer até 50°F(10°C) ou mais.
**
Tabela 4 - Temperatura de Congelamento de Alimentos Enlatados Selecionados

Produto

Ponto deCongelamento (°C)

Abóbora-moranga 

(-0,7)

Aspargo

(-1,0)

Atum

(-3,2)

Batata-doce

(-1,6)

Beterraba

(-0,9)

Carne enlatada 

(-3,3)

Carne temperada

(-5,4)

Catchup

(-7,0)

Cenoura

(-0,9)

Cogumelos

(-1,2)

Ervilha, Alasca

(-0,6)

Ervilha, doce

(-1,5)

Ervilha, sopa de

(-2,4)

Espinafre

(-0,7)

Feijão-de-lima

(-1,3)

Feijões, com carne de porco

(-1,8)

Feijões, coados (espremidos)

(-0,8)

Feijões, vagem de cera em lata

(-0,9)

Feijões, vagem de cera em vidros

(-1,0)

Leite, condensado, sem açúcar

(-1,4)

Milho, creme

(-1,3)

Milho, em salmora

(-1,4)

Milho, embalado a vácuo

(-1,3)

Molho de pimenta

(-4,6)

Molho de uva-do-monte

(-8,7)

Pêras

(-2,4)

Pêssegos, em calda pesada

(-1,9)

Pêssegos, em calda rala

(-2,4)

Purê de maçã

(-2,4)

Salmão 

(-2,7)

Sardinhas 

(-2,1)

Sopa de tomate

(-2,6)

Succotash (refogado de milho e feijão)

(-1,2)

Suco de tomate

(-1,2)

Suco de pomelo (grapefruit)

(-1,0)

Tomate

(-0,7)

Vagem

(-0,9)

Vinagre

(-1,8)

      O congelamento provavelmente não danificará o gênero alimentício enlatado em si. No entanto, o congelamento de um produto enlatado pode por em risco a integridade do recipiente ou quebrar um recipiente de vidro. Para proteger os recipientes de alimentos enlatados contra o dano por congelamento durante o transporte em áreas de frio intenso, aplique calor controlado termostaticamente para impedir que o produto congele. Veja a tabela 4 para conferir os pontos de congelamento de alguns alimentos enlatados.
      A exposição prolongada de alimentos enlatados a temperaturas de 32°C ou mais é prejudicial à qualidade do produto. Em alguns casos, a exposição a estas temperaturas elevadas pode resultar em perda total do produto através da deterioração termofílica.